Crédito consignado é opção mais barata de empréstimo

O crédito consignado junto aos bancos é uma opção mais barata que outras formas de empréstimo. Nessa modalidade, o trabalhador solicita um valor à empresa em que está empregado e o recebe diretamente na conta corrente, se aprovado. O crédito é descontado na folha de pagamento, todos os meses, em parcelas e submetido a juros definidos pelo empregador, com base na renda do contratante.

Os bancos liberam o valor em no máximo sete dias úteis após o contrato firmado, e nem sempre é necessário ser correntista da instituição. As taxas de juros, número e valor das parcelas são definidas pelas empresas. Mesmo se o trabalhador estiver com o nome inscrito em alguma lista de proteção ao crédito, o banco irá analisar a possibilidade de liberação do empréstimo.

Em função dos juros menores, o consultor de finanças Antonio de Julio considera o crédito consignado a forma mais rápida de sanar problemas financeiros. “Crédito consignado, cheque especial, empréstimo pessoal e consórcios são muletas. O consignado é a mais eficiente delas, mas o contratante tem que tentar andar com as próprias pernas depois de quitar as dívidas”, disse.

Para contratar a linha de crédito consignado, o trabalhador deve primeiro confirmar com a empresa ou órgão público em que trabalha se ela tem convênio com o banco que irá administrar a folha de pagamento. Essa informação pode ser obtida no setor de recursos humanos do empregador ou entrando em contato com os bancos que oferecem a linha de crédito. É necessário apresentar RG, CPF e comprovantes de endereço e renda à agência escolhida para análise do crédito.

Caso o trabalhador seja desligado da empresa enquanto paga parcelas de um crédito consignado, o empregador irá reter 30% do valor da rescisão do contrato para o pagamento da dívida. Assim, de acordo com o convênio, as prestações ficam menores.

Fonte: O Dia

Se você gostou desse post ou tem alguma dúvida relacionada ao texto, deixe um comentário ou assine nosso feed e receba futuros posts e artigos em seu leitor de feed.

Deixe um comentário

(Obrigatorio)

(Obrigatorio)